TUI (Espanha): Claustro da Catedral.

TUI (Espanha): Claustro da Catedral.

O claustro da catedral de Tui foi construído na segunda metade do século XIII, em estilo gótico cisterciense. É o único medieval que resta nas catedrais galegas. Foi restaurado em 1408 devido ao perigo de ruína num dos muros, altura em que se integraram novos elementos góticos e se iniciou a construção das torres defensivas que deu o carácter de fortaleza a este templo.

Vista parcial do claustro da catedral de Tui

Vista parcial do claustro da catedral de Tui

TUI (Espanha): Tirantes na catedral de Tui.

TUI (Espanha): Tirantes na catedral de Tui.

A pesada estrutura granítica da Catedral esmaga-nos, tanto mais que algo nos desconcerta ao identificarmos claramente o estilo românico – à semelhança de Santiago de Compostela, mas de uma dimensão mais próxima de uma Sé Velha ou Sta. Cruz de Coimbra – com um remate de abóbada claramente gótico. Como a estrutura original não estava concebida para tamanhas alturas, rapidamente se improvisaram soluções para estabilizar o edifício que ameaçava ruir com o peso da abóbada. À falta dos arcobotantes típicos do gótico, utilizaram-se uns tirantes entre os pilares que suportam a abóbada. Estes foram aplicados ao longo dos séculos, sendo o último do séc. XVIII.

TUI (Espanha): Timpano da catedral

TUI (Espanha): Timpano da catedral

Situado na fachada oeste, com iconografia de meados do século XIII. Tem oito pares de colunas com estátuas de São João, São Pedro, Isaías, Moisés, Daniel, Jeremias (ou talvez Berenguela) e Fernando I (ou Fernando II) e Urraca de Portugal.

No tímpano desta fachada podem ser contempladas as seguintes cenas:

* Adoração dos Pastores (num plano inferior).
* No centro, os Reis Magos levam presentes a Jesus.
* Representação da Jerusalém celeste.

Fonte: Wikipedia

TUI (Espanha): Catedral.

TUI (Espanha): Catedral.

A Catedral de Santa Maria de Tui está situada na cidade de Tui, na Galiza. A construção da catedral foi iniciada no século XI, em 1095, pois aparece mencionada nos documentos de doação aos condes de Borgonha, Raimundo e Urraca, e foi terminada em 1180, em plena época do estilo românico. Neste estilo conserva-se a planta, a portada norte e a iconografia dos capitéis. A sua influência estendeu-se a toda a região do Minho, galego e português, que se reflete nas inúmeras igrejas paroquiais e monacais. Também contém elementos de estilo gótico na fachada principal, datada aproximadamente de 1225, o que aponta para que esta seja a primeira construção de estilo gótico de toda a Península Ibérica.
A catedral é o máximo expoente do património artístico de Tui. Situa-se na parte mais alta da cidade, na coroa do antigo castro de Tide, que deve ter existido antes do início da era cristã.

Subscribe to Arte Medieval